MeepleBR
  • Por: Márcio Botelho
  • Publicado em: 16 de junho de 2021

Peso pesado

Alguns jogos de tabuleiro são conhecidos por serem pesados. CO2: Segunda Chance, Twilight Imperium, Maracaibo e Pipeline são exemplos de jogos que fazem com que o participante tenha de queimar muitos neurônios para poder se dar bem durante a partida.

Para quem não curte jogos mais complexos, ou para quem ainda não está inserido no universo dos jogos de tabuleiro modernos, essa predileção por títulos mais complexos pode soar um pouco estranha. Afinal de contas, passar 4h sentado ao redor de uma mesa, quebrando a cabeça e fazendo operações lógicas complicadas pode parecer mais com um trabalho do que com um hobby.

Mas acredite, quem curte os jogos pesados sabe bem o tipo de diversão que eles podem proporcionar.

O prazer de resolver um problema

Preciso fazer uma confissão: nunca fui muito hábil em matemática ou em ciências naturais (física, química ou biologia), mas essas disciplinas me deixavam muito interessado na sala de aula. Apesar de toda a dificuldade, ver um professor ou colega resolvendo uma equação ou fórmula me animava muito e me estimulava a tentar.

De certa forma, o prazer de se jogar um título pesado está ligado a satisfação de solucionar um cálculo complexo ou quebra-cabeças elaborado. É fascinante ver as partes do todo se encaixando e ocupando o devido lugar dentro do sistema.

Jogos como Mombasa ou City of Big Shoulders são cheios de regras, detalhes e elementos importantes que, se esquecidos, poderão prejudicar muito a experiência de quem está jogando. Nesse sentido, quem se propõe a jogar deve agir como um bom matemático e não se esquecer das regras, pois um mero vacilo vai fazer com que os resultados sejam bem distantes daqueles que se pretende alcançar.

Decisões significativas

Já que falamos de detalhes e regras, um elemento comum a praticamente todos os jogos classificados como pesados, tais como Dominant Species e Eclipse, é o impacto que as decisões dos jogadores têm sobre o desenrolar da partida.

Como sempre nos lembra o grande Michael Alves, todo o bom jogo traz uma série de escolhas significativas para os participantes. Isso quer dizer que todas as minhas ações devem alterar o resultado final do jogo de alguma forma.

Posto isso, é necessário notar que no caso de jogos pesados o impacto dessas decisões significativas é ainda maior e mais importante. Um erro de cálculo, uma aposta equivocada ou avaliação imprecisa poderá ser severamente punida, levando a uma derrota estrondosa.

Para quem se diverte com esses jogos, o impacto das decisões torna tudo muito mais interessante e relaciona-se diretamente com a questão da complexidade: maximizar os ganhos e conseguir a melhor pontuação em uma jogada é por si só uma vitória, fazendo com que os jogadores fiquem totalmente ligados na partida.

Partidas longas

Já que as decisões impactam tão severamente o resultado da partida, é comum encontrarmos títulos pesados que possuam um tempo de jogo que ultrapassa facilmente a barreira das duas horas. Sendo bem franco, se estamos falando de jogos realmente pesados, como 1830: Railways & Robber barons, 1890: plano nacional de viação e demais títulos da linha 18xx, é bem provável que em duas horas estejamos só no começo da partida

Isso se explica devido ao famoso AP, sigla em inglês que significa, em uma tradução livre, paralisia de análise, e que se refere ao tempo gasto pelo participante de um jogo antes de executar uma ação. Quanto mais complexa uma decisão e/ou significativa ela for na partida, maior será o tempo que a pessoa irá gastar pensando antes de executar uma ação.

O que para algumas pessoas parece irritante, ter que esperar a jogada do adversário, para um fã de jogos pesados acaba sendo um alívio, pois ele poderá avaliar o cenário de jogo e ponderar suas próximas ações de forma similar a um enxadrista que está planejando qual peça mover após a jogada se seu adversário.

Quanto mais envolvido em uma atividade, seja ela um jogo, uma apresentação musical ou até mesmo o ato de assistir nossa série de televisão favorita, menos vamos sentir o tempo passar. Nesse tipo de situação, o tempo longo das partidas não surge como um impeditivo para a diversão e contribui para uma experiência quase meditativa na relação do jogador com o jogo.

Por onde começar nos jogos pesados?

Se você quer começar a experimentar jogos pesados existem diversas opções disponíveis para que você possa se aventurar por esse universo.

Cidades Submersas e Terraforming Mars são excelentes opções que apresentam uma jogabilidade robusta, com um AP considerável e que podem te preparar para títulos mais complexos como Lisboa, Feudum ou Cooper Island.

Nem todo mundo se diverte com esses pesos pesados, mas não custa nada dar uma chance para esses títulos. Talvez você se surpreenda e passe a considerar alguns deles para a sua coleção.

Márcio Botelho

Raça: Humano. Alinhamento: caótico e bom. Classes: Historiador 6, Crítico literário 4 e Nerd 10. Revisando alguns manuais pesadões.

Compartilhar postagem:

Copyright © 2021 Meeple BR - Todos os direitos reservados.