MeepleBR
MeepleBR / Blog Meeple / Glossário / Jogos familiares
  • Por: Márcio Botelho
  • Publicado em: 11 de Maio de 2020

Jogos familiares

Como apresentar o hobby para a minha família?”

A dúvida acima expressa um anseio de muitos fãs de jogos de tabuleiro modernos. Pode ser que a dúvida não tenha aparecido exatamente desta maneira – talvez um “será que o meu crush vai gostar de jogar comigo?” ou “como que eu faço para meus filhos gostarem de jogos de tabuleiro?” -, mas o desejo que elas expressam é similar: a vontade de jogar com pessoas queridas.

Pode ser que a primeira resposta para esse desejo tenha sido acessar a Ludopedia e buscar a categoria dos Jogos Familiares. Isso parece uma saída bem simples e eficiente, mas que levanta outra pergunta.

Afinal de contas, o que é um jogo familiar?

A questão das regras

Um ponto de partida para os jogos familiares é a simplicidade. Um típico jogo familiar é criado para ser jogado por pessoas de diversas faixas etárias e diversos níveis de experiência com board games.

Sendo assim, é fundamental que as regras se mantenham simples e claras para todos os participantes, o que garante uma maior fluidez e dinamismo à partida. Em Discoveries você vai, basicamente, rolar os dados para conseguir executar ações e ganhar pontos. Simples, prático e sem muitas exceções que mudam esse fluxo.

Jogos familiares e a brevidade

Na maioria dos casos, um jogo familiar tenta ser rápido. Essa rapidez se encontra em todos os aspectos de seu design: a preparação do jogo, a explicação das regras e a partida não podem se alongar muito.

Isso se explica por dois motivos: o fato de que muitas vezes uma parte do publico é formado por crianças, uma audiência que no geral precisa ser estimulada rapidamente para não ficar entediada; já os adultos, cheios de obrigações e compromissos, possuem certo senso de urgência e temem a ideia de que estão “perdendo tempo”.

Um jogo como Vudu exemplifica muito bem esta velocidade: entre abrir a caixa e explicar as regras, provavelmente você não vai gastar mais do que 10 minutos. Uma partida completa, com o máximo de jogadores, não deve passar de 30 a 45 minutos.

O tema importa

Como já abordamos no texto sobre os amerigames, os temas podem ser uma forma de empolgar as pessoas a se engajarem em um jogo. Por isso é tão comum vermos jogos familiares com temas que sejam envolventes e ao mesmo tempo family friendly: exploração espacial, como em Tiny Epic Galaxies; viagens por um continente, como na série Ticket to Ride; ou a vida no campo, como em Colheita de Dados.

O que estes jogos tem em comum é o fato de que despertam a imaginação dos jogadores! Além disso, existe também a questão de não vermos violência, conteúdo sexual ou outros elementos que não sejam recomendáveis para crianças pequenas.

Jogos familiares e educação

Em alguns casos, como em Scrabble ou Ice Dice, existe uma grande proximidade entre os jogos familiares e os jogos educativos. Memória, raciocínio lógico, cálculo matemático e capacidade de resolução de problemas são habilidades necessárias em vários board games, o que os torna uma boa ferramenta para o desenvolvimento de crianças e adultos.

Evidentemente, a maior parte dos jogos comercializados em lojas especializadas e disponíveis em ludotecas foi feito com a intenção de divertir, mas existem estudos que indicam para as diversas possibilidades de contato entre os jogos de tabuleiro modernos e o ensino.

O que isso quer dizer?

Que jogar em família, além de ser uma atividade muito divertida, pode ajudar a estimular a curiosidade e o gosto pelo aprendizado das nossas crianças!

Mas conta pra gente: você tem algum jogo familiar favorito? Quais jogos você recomendaria para quem quer apresentar o hobby para a família?

 

Márcio Botelho

Raça: Humano. Alinhamento: caótico e bom. Classes: Historiador 6, Crítico literário 4 e Nerd 10. Metendo tiro, porrada e bomba nos mortos-vivos do Tiny Epic Zombies.

Compartilhar postagem:

Copyright © 2020 Meeple BR - Todos os direitos reservados.